Dourogás e DOHM

Dourogás e DOHM: uma parceria que vai acelerar a descarbonização dos transportes pesados

A parceria entre a Dourogás e a DOHM representa um grande passo no caminho para a descarbonização da economia e vem reforçar a oportunidade que o biometano representa para a mobilidade sustentável, numa fase em que o transporte com gás natural e gases renováveis é cada vez mais uma realidade necessária.

As duas empresas estabeleceram um acordo em prol do abastecimento de camiões a gás natural – a Dourogás passará a abastecer a frota da DOHM com Gás Natural Liquefeito (GNL), o que resultará numa redução das emissões de CO2 em 20% face aos combustíveis tradicionais. Revelaram ainda que, sendo compatível com a tecnologia existente nos postos de abastecimento Dourogás, o GNL poderá ser ainda substituído por bio-GNL (Gás Natural Liquefeito 100% renovável), possibilitando assim uma mobilidade totalmente neutra em carbono.

João Filipe Jesus, Diretor-Geral da Dourogás GNV, afirmou que “o acordo estabelecido entre a Dourogás GNV e a DOHM marca mais um passo significativo no caminho para a realização de um dos objetivos da Dourogás: acelerar a transição energética no setor da mobilidade pesada, através da transferência dos combustíveis tradicionais para combustíveis mais limpos, como é caso do GNL e, principalmente, do bio-GNL. O compromisso da Dourogás é, até 2025, fornecer biometano de origem 100% renovável em todos os postos de abastecimento ao longo do país e é nesse sentido que continuaremos a desenvolver iniciativas inovadoras como as em curso com a Águas do Tejo Atlântico e a Resíduos do Nordeste que nos permitem produzir biometano verde, e outros gases renováveis, a partir de lamas de ETAR e de resíduos urbanos”.

Por sua vez, Mário Araújo, administrador da DOHM, salientou que “o nosso compromisso com o ambiente e com a transição energética faz com que apostemos permanentemente na renovação da nossa frota, substituindo veículos mais poluentes e menos eficientes, por estes que representam um investimento claro na mobilidade mais limpa, mais competitiva e com muito menor impacto ambiental. Estes novos veículos permitirão à DOHM uma redução significativa CO2 na sua atividade, garantindo uma circulação de mercadorias rigorosa em termos de segurança e, também, com preocupações ambientais empenhadas em proteger o futuro do planeta e das gerações”.

Fonte: Euro Transporte

Mais notícias

A energia não para de circular!

Move-nos a inovação, a sustentabilidade, o empreendedorismo e a evolução do setor da energia. Deixe-se mover também por tudo isto, subscrevendo a nossa newsletter.